Eu amo potes. Potes pequenos, potes médios, potes grandes e potes gigantes. A gente nunca sabe quando vai precisar de um pote, né?

A pior coisa que tem é você precisar de um pote pequeno e não ter. Ter que guardar bastante comida em algum lugar e não caber no pote que você tem, enfim…

Bem antes de casar minha mãe me “iniciou” no mundo dos Tupperwares – os originais. Um mais lindo que o outro, um mais caro do que o outro (afinal, Tuppeware de verdade dura pra caramba e vale o investimento).

Casei com uns 20 Tupperwares diferentes pra “coleção”. Uns 20 dias antes do casamento fui na Etna com o maridão pra comprar algumas coisas que faltavam pra casa e vi um super kit de 20 potes, por R$19,90. Uma pe-chin-cha!!! No kit tinha até pote pra guardar uns 2 caroços de azeitona, juro.

Não dei bola pra cara feia do maridão (“Mais potes, Aninha????”) e comprei meus super potes. Com isso descobri que eu realmente era compulsiva por potes. Parecia criança em loja de brinquedo, sabe? Não aguentei chegar em casa e abri o pacotinho no carro mesmo pra ver como eles eram.

Depois que casei descobri que não basta termos potes de plástico. Os de vidro também são super necessários para você colocar direto no micro, por exemplo. Ou seja: Mais potes!

Hoje eu mal paro em casa, mal tenho lugar pra guardar tantos potes, mas eles estão lá, prontos para tudo o que eu quiser guardar! 😉 Acho que eu tô meio obcecada, não?

Anúncios