Morar em sociedade (leia-se apartamentos e condomínios) exige que você saiba viver muito bem em sociedade, né? Principalmente nos condomínios, onde existem regras, e elas devem ser respeitadas.

No nosso condomínio, por exemplo, só pode fazer barulho ou receber prestador de serviço de segunda à sexta, das 9 às 17. Ou seja: se você trabalha você não pode ter quadros na parede, prateleiras ou consertar alguma coisa com equipamentos um pouco mais elaborados. Sendo assim, sempre fugimos um pouquinho (do trabalho), pra conseguir fazer as coisas acontecerem. Ou tiramos férias, como eu fiz na época da reforma.

Acontece que estes dias aconteceu algo engraçado (pra não dizer que foi uma “puta falta de sacanagem”): Às 9:57 do sábado acordamos ao som de algo que parecia que ia demolir nosso prédio. Era toc toc toc, frum frum frum, péim péim péim. Eu sou suuuuper chata pra barulho e o maridão me ensinou a não reclamar, por isso fiquei quietinha na minha. O maridão não aguentou: levantou e começou a caçar o barulho.

Descobrimos que o barulho era uma obra na garagem. O maridão ligou correndo pro porteiro pra mostrar que estávamos putos da vida e o porteiro (com a voz trêmula) falou: “Mas o síndico autorizou”. What????? E mais: ia rolar no sábado E no domingo!!!! Fala sério!!!

Ficamos putos…Como assim uma obra no final de semana sem nenhum aviso, nem nada? Mas como era o Síndico e, pelo prédio, podia (no sábado e podia no domingo também)? Sei que depois de uns 20 minutos a barulheira parou. Ficamos sabendo que uma das moradoras ligou pra portaria ameaçando chamar a polícia se o barulho não parasse. (Nesta hora aposto que o porteiro estava tremendo feito vara verde). 🙂

Como falei, sou bem reclamona mas o maridão tirou isso de mim. Quando morava com os meus pais eu reclamava direto de alguns vizinhos (e muitas vezes para eles diretamente. 🙂 ) . O primeiro porque ele tinha um fusca de 1900 e bolinha que ele teimava em querer “esquentar” o motor todos os dias as 6 da manhã de baixo da janela do meu quarto. E esquentar o motor para ir pra lugar nenhum!!! Era só pro carro pegar. Poxa! Vai esquentar o motor as 6 da tarde, meu senhor… O outro tinha uma moto ninja lindona…Acordei num sábado com o amigo lavando o motor da moto ninja na garagem. Só que depois que ele lavou ele precisou secar, e secar significa acelerar bem a moto com ela funcionando. Num sábado de manhã, as 9 da manhã, dentro da garagem. Já viu, né? Era um trio elétrico na janela do meu quarto, fazendo vrum vrum vrum.

Mas morar em casa é uma história diferente, né?  Dá até pra disfarçar alguns barulhos…Sorte do meu pai, que nunca reclamaram muito dos dele, porque ele ataca de faz-tudo sempre que sobra um tempo livre e fica só no toc toc toc, frum frum frum, péim péim péim. Já no apartamento, não é tão fácil assim. Já reclamaram no maridão tocando a Vuvuzela na Copa em um jogo as 4 da tarde! 🙂

E vocês? O que acham? Dependendo da situação devemos reclamar ou não?

Anúncios