Oi. Eu sou eu.

Eu sou casada com o homem da minha vida.

Eu sou uma mulher feliz por ter um marido tão amigo e companheiro como o meu.

Eu sou atrapalhada, ansiosa e destrambelhada.

Eu sou um urso em hibernação, segundo meu marido.

Eu sou agitada, inquieta e metódica.

Eu sou (des)organizada, publicitária e não sou redatora (mas ainda assim resolvi escrever).

Eu sou a Aninha, a Carol, a Nica, a Táta, a Ni, a Nega.