You are currently browsing the category archive for the ‘Noiva’ category.

Eu estava vendo de novo o vídeo que postei há alguns dias de como seria “Se o Homem Jogasse o Buquê” e me lembrei de quando eu joguei o buquê.

Dois fatos engraçados:

1) Reparem na minha foto jogando o buquê. Viram? Mas viram bem mesmo? Lá atrás tem o vídeo da retrospectiva e eu, quando criança, chorando literalmente feito uma criança!

2) No nosso casório não foi só mulher que foi atrás do buquê não. A mulherada estava toda lá, em peso, mas tinha um intruso – que por sinal, está se divertindo!


Fofo o amigo do maridão, né? Acho que no fundo o que ele queria era pegar pra ver a cara da mulherada “sem buquê”. 🙂

No fim das contas o meu buquê (de jogar) era daqueles que desmontava e várias pessoas pegavam (Maridão não gostou muito desta parte). Dentre elas, minhas irmãs queridas: Feca, Mari e Carol.

Acho que hoje em dia nada mais deselegante do que uma noiva que atrasa.

Pior ainda é ser a noiva depois da noiva que atrasa, como no meu caso.

Vi esta matéria no G1 e concordei 100%. Concordo não só porque fui prejudicada, mas por que acho uma suuuper falta de respeito com os convidados. Eu sou meio neurótica com horário – se marquei uma hora com você, estarei lá sempre 10 ou 15 minutos antes, e fico bem brava quando não cumprem horário comigo.

Meu casamento estava marcado para as 8 horas e a noiva das 7 atrasou 45 minutos – bem feito pros convidados e padrinhos dela: as 7 em ponto o padre fez a cerimônia começar com entrada dos noivos, música, padrinhos e tudo mais (vale dizer que o Maluf era um dos padrinhos!!!). Todos ficaram plantados no altar os 45 minutos esperando ela chegar… Ela chegou com quase metade dos meus convidados já na Igreja, esperando do lado de fora.

Para os homens não foi assiiiim um problema, já que tinha um buteco lá perto que o Maridão usou pra tomar uma pinguinha e relaxar, mas pras mulheres é sacanagem – você tá toda bonitona, arrumadona, de salto alto, e tem que ficar esperando? Sacanagem, né?

O casamento dela passou e quando ela saiu todos os meus convidados já estavam na porta esperando e rolou até um burburinho, segundo minhas fontes. 🙂

Quando fiquei sabendo, já estava no caminho para a Igreja. A solução foi ficar dando volta de carro perto da Igreja. Até parar no posto para o pai da noiva fazer um pips e controlar a ansiedade paramos.

O nosso casamento começou quase as 9 horas. 😦 Ou seja: ela ferrou todo o esquema do meu casamento – horário do jantar, coquetel, DJ, banda.

Por isso resolvi fazer o post. Não que a multa da Igreja ou do Padre fosse fazer alguma diferença na minha vida, mas acho que por todos os transtornos que um atrasinho pode causar, por falta de pensar no próximo e por não respeitar um compromisso que você assumiu não só com seus convidados, mas com as outras noivas, tem que ter multa sim!

Ahhh….. Um mais lindo que o outro.

Adoro que a Fabi, do Espaço das Moçoilas, foi quem postou. Um blog que não é de casamentos, mas sim de moçoilas muito bem antenadas, não podia deixar esta novidade da Vera Wang passar, né? Eu copiei na caruda, Fabi!!!!

Babei em todos… 🙂

Ps: deixei o texto original da Fabi porque amo o jeito que ela escreve,

“a estilista mais almejada por 99% das noivas do mundo inteiro fechou uma parceria com a David’s Bridal, uma mega loja americana especializada no assunto, onde a moçoila terá uma linha própria de vestidos e acessórios chamadaWhite by Vera Wang a preços super possíveis – dentre 600 a 1500 dólares!!!

os tecidos utilizados serão o tafetá, renda, tule, cetim, organza, chiffon, etc e, as cores serão o off-white, marfim, champanhe e blush (um rosinha meio pêssego); de acessórios, a linha terá cintos, tiaras de cristal adornadas, véus de tule, cintos com cristais e florais e presilhas de cabelos.

a coleção será lançada agora, dia 11 de fevereiro, nas 150 lojas da rede! saibam mais neste site aqui ;]

quem mais se empolgou pra casar tipo já? ♥”

Ai…Andei descobrindo uns blogs de casamento ótimos, graças à Nay e a Bibi do Papo de Noivas.

Um deles foi o Nerds in Love da Mahrcinha (achei o nome tão a minha cara!!! ahahaha). Recebi este post abaixo Há alguns dias por email. Não aguentei. Foi um Crtl C + Ctrl V à primeira vista. Copiei na caruda… São as melhores fotos de casamento de 2010. de acordo com o International Society of Professional Wedding Photographers.

Enjoy!

Detalhe: adoro os blogs que eu posso me inscrever, receber por email e não perder nadinha. Acho que recebo uns 15 emails de blogs por dia. Se você não quer peder nenhum post do aventuras, se increve aqui também na caixinha aqui da esquerda! 🙂

1. Marcin Rusinowski | 5czwartych | 5fourths Documentary Photojournalism | Warsaw, Poland Wedding Photographer

2. Britney Gardner | Turn Loose the Art | Huntington Beach, California Wedding Photographer

Ceremony

3. Christina Craft | FunkyTown Photography | Vancouver Wedding Photographer

First Dance

4. Cristina Lima | Cristina Lima Photography | Belo Horizonte, Brazil Wedding Photographer

Reception

5. David Wittig | David Wittig Photography | Chicago Wedding Photographer

Emotional Impact

6. Mark Ridout | Ridout Photography | Toronto Wedding Photographer

Humor

7. Jeremy Lucero | Lucero Photography | Fullerton, California Wedding Photographer

Kids Will Be Kids

8. Michal Warda | WhiteSmoke Studio | Warsaw, Poland Wedding Photographer

Family Love

9. Lilya Gorlanova | Liliya Gorlanova Photography | Moscow, Russia Wedding Photographer

The Decisive Moment

10. Abby Rosenbaum | Abby Rose Photo | Ann Arbor, Michigan Wedding Photographer

Bride Portrait

11. Fer Juaristi | ferjuaristi photographer | Monterrey, Mexico Wedding Photographer

Bride and Groom Portrait

12. Sergio | Sergio Photographer | Tucson, Arizona Wedding Photographer

Bridal Party Portrait

13. Mark Ridout | Ridout Photography | Toronto Wedding Photographer

Engagement Portrait

14. Benjamin Young III | Benjamin Young III Photography | Davao, Philippines Wedding Photographer

Venue/Location

15. F.C. Wong | F.C. Wong Photography | San Francisco Wedding Photographer

Framing the Subject

16. Jose Luis Guardia | Xpression International | Granada, Spain Wedding Photographer

Movement and Motion

17. Vagelis Giotopoulos | Giotopoulos | Preveza, Greece Wedding Photographer

All About Light

18. Fer Juaristi | ferjuaristi photographer | Monterrey, Mexico Wedding Photographer

Wedding Details

19. Lilya Gorlanova | Liliya Gorlanova Photography | Moscow, Russia Wedding Photographer

The Wedding Dress

20. Christina Craft | FunkyTown Photography | Vancouver Wedding Photographer

Pure Art

21. Christina Craft | FunkyTown Photography | Vancouver Wedding Photographer

GETTING READY

22. Radmila Ladyzhinskaya | Sunflowers Studios Photography | Brooklyn, New York Wedding Photographer

CEREMONY

23. Jose Luis Guardia | Xpression International | Granada, Spain Wedding Photographer

FIRST DANCE

24. Carolina Pires | Carolina Pires Fotografia | Rio de Janeiro, Brazil Wedding Photographer

RECEPTION

25. Morgan Lynn Razi | Morgan Lynn Photography | Houston, Texas Wedding Photographer

EMOTIONAL IMPACT

26. Debra Simpson | Simpson Photography | Sherborne, UK Wedding Photographer

HUMOR

27. David Murray | David Murray Weddings | Atlanta, Georgia Wedding Photographer

KIDS WILL BE KIDS

28. Edoardo Agresti | Edoardo Agresti Photographer[s] | Florence, Italy Wedding Photographer

FAMILY LOVE

29. Katherine Birkbeck | Katherine Birkbeck Photography | Knoxville, Tennessee Wedding Photographer

THE DECISIVE MOMENT

30. Erwin Darmali | Apertura – Erwin Darmali | Los Angeles Wedding Photographer

BRIDE PORTRAIT

31. Marco Miglianti | Marco Miglianti Photography | Tuscany, Italy Wedding Photographer

BRIDE AND GROOM PORTRAIT

32. Ryan Jones | RCJones Photography | Fresno, California Wedding Photographer

BRIDAL PARTY PORTRAIT

33. Aaron Willcox | Aaron Willcox Photography | San Diego Wedding Photographer

ENGAGEMENT PORTRAIT

34. Ron Storer | Ron Storer Photography | Seattle Wedding Photographer

VENUE/LOCATION

35. Christobal Perez | Azul Photography | Raleigh, North Carolina Wedding Photographer

FRAMING THE SUBJECT

36. Emin Kuliyev | Emin Wedding Photography | New York Wedding Photographer

MOVEMENT AND MOTION

37. Marcin Rusinowski | 5czwartych | 5fourths Documentary Photojournalism | Warsaw, Poland Wedding Photographer

ALL ABOUT LIGHT

38. Aaron Willcox | Aaron Willcox Photography | San Diego Wedding Photographer

WEDDING DETAILS

39. Christina Craft | FunkyTown Photography | Vancouver Wedding Photographer

THE WEDDING DRESS

40. Liliya Gorlanova | Liliya Gorlanova Photography | Moscow, Russia Wedding Photographer

PURE ART

41. Monika Wasylewska | Monika + Konrad Wasylewski – Glamour & Documentary | Valais, Switzerland Wedding Photographer

GETTING READY

42. Cristina Lima | Cristina Lima Photography | Belo Horizonte, Brazil Wedding Photographer

CEREMONY

43. Fernanda Petelinkar | Fernanda e Sharon – Fotografia de Casamento | São Paulo, Brazil Wedding Photographer

FIRST DANCE

44. Marcel Siegle | Marcel & Meher Siegle Photography | San Francisco, California Wedding Photographer

RECEPTION

45. Alexandre Borges | AleBorges Fotografia | São Paulo, Brazil Wedding Photographer

EMOTIONAL IMPACT

46. Marcin Labedzki | B&W Photography | Gdansk, Poland Wedding Photographer

HUMOR

47. Yvonne Zemke | Yvonne Zemke | Düsseldorf, Germany Wedding Photographer

KIDS WILL BE KIDS

48. Ray Soemarsono | Apertura – Ray Soemarsono | Los Angeles Wedding Photographer

FAMILY LOVE

49. Alexandre Borges | AleBorges Fotografia | São Paulo, Brazil Wedding Photographer

THE DECISIVE MOMENT

50. Scott Juarez | Scott and Tem Photography | Dallas Wedding Photographer

BRIDE PORTRAIT

51. Tatiana Garanina | Tatiana Garanina Photography | Moscow, Russia Wedding Photographer

BRIDE AND GROOM PORTRAIT

52. Daniel Aguilar | Daniel Aguilar Photographer | Monterrey, Mexico Wedding Photographer

BRIDAL PARTY PORTRAIT

53. Nancy Beale | David Wittig Photography | Chicago, Illinois Wedding Photographer

ENGAGEMENT PORTRAIT

54. Franco Milani | Franco Milani Photographer | Milan, Italy Wedding Photographer

VENUE/LOCATION

55. Marco Schwarz | Schwarzbild | Frankfurt Wedding Photographer

FRAMING THE SUBJECT

56. Doru Halip | Doru Halip Photography | Bucharest, Romania Wedding Photographer

MOVEMENT AND MOTION

57. Edoardo Agresti | Edoardo Agresti Photographer[s] | Florence, Italy Wedding Photographer

ALL ABOUT LIGHT

58. Melia Sorenson | Lucida Photography | Vancouver, British Columbia Wedding Photographer

WEDDING DETAILS

59. Astrid Garcia | Astrid and Rene Photography | Naples, Florida Wedding Photographer

THE WEDDING DRESS

60. Ben Godkin | Godkin Photo | Austin, Texas Wedding Photographer

PURE ART

61. Steven Young | STAK Photographer Duo | New York City Wedding Photographer

GETTING READY

62. Jenna Shouldice | Jenna & Tristan | Vancouver Wedding Photographer

CEREMONY

63. Alessandro Baglioni | Alessandro Baglioni Photographer | Firenze Wedding Photographer

FIRST DANCE

64. Fabricia Soares | Fabricia Soares Fotografia | Rio de Janeiro Wedding Photographer

RECEPTION

65. Roland Michels | Roland Michels | Hamburg Wedding Photographer

EMOTIONAL IMPACT

66. Christophe Viseux | Christophe Wedding Photo | Paris Wedding Photographer

HUMOR

67. Marco Schwarz | schwarzbild | Frankfurt Wedding Photographer

KIDS WILL BE KIDS

68. Olivia Brown | Olivia Brown Photographic | Toronto Wedding Photographer

FAMILY LOVE

69. Alexandre Borges | AleBorges Fotografia | São Paulo Wedding Photographer

THE DECISIVE MOMENT

70. Jeremy Foo | Red Co Photography | Singapore Wedding Photographer

BRIDE PORTRAIT

71. Marco Schwarz | schwarzbild | Frankfurt Wedding Photographer

BRIDE AND GROOM PORTRAIT

72. Igor Pavlov | Pavlov Studios | Kanata, Ontario Wedding Photographer

BRIDAL PARTY PORTRAIT

73. Liliya Gorlanova | Liliya Gorlanova | Moscow Wedding Photographer

ENGAGEMENT PORTRAIT

74. Marco Schwarz | schwarzbild | Frankfurt Wedding Photographer

VENUE/LOCATION

75. Yannic Schon | Paul liebt Paula | Berlin Wedding Photographer

FRAMING THE SUBJECT

76. Pablo López Ortiz | Pablo López Ortiz | Toledo, Spain Wedding Photographer

MOVEMENT AND MOTION

77. Jason Kaczorowski | Jason Kaczorowski Photography | Chicago Wedding Photographer

ALL ABOUT LIGHT

78. Julio Vasconcelos | Julio Vasconcelos – Studio Fotográfico | João Pessoa Wedding Photographer

WEDDING DETAILS

79. Juliana Pessoa | Juliana Pessoa Photography | Rio de Janeiro Wedding Photographer

THE WEDDING DRESS

80. David Josue | David Josue Photoboutique | Monterrey Wedding Photographer

PURE ART

Aproveite para ver todos os resultados dos ISPWP Wedding Contests.

Ontem eu estava vendo umas fotos do casamento e vi de novo meu terço. Aí resolvi escrever sobre ele hoje.

Eu já falei aqui que não fui uma noiva normal. Uma das minhas escolhas foi de não usar véu e por isso inventei que queria alguma coisa diferente para ter comigo na hora de entrar na Igreja. Coloquei na cabeça que eu queria um terço e parti atrás dele.

Achei terços para aluguel (pela pechincha de R$1800), achei terços horrendos e achei terços lindos (como o meu, que eu amei).

Obviamente que a minha decisão veio em cima da hora, então eu não tinha muita escolha. No meio de Julho tinha uma daquelas feiras gigantescas de noivas no center norte. Saí um dia do trabalho, atravessei a cidade e (duas horas depois) cheguei na feira.

Juro que nem dei muita volta. Os estandes com os enfeites de cabelo estavam perto da porta de entrada…Vi os que mais gostei, perguntei o preço, dei uma volta e rezei pra achar o meu quando eu voltasse.

Comprei e fui pra casa. Quando o maridão me ligou naquele dia e perguntou onde eu tinha ido, eu desconversei. O tempo passou, e lá estava eu, entrando na Igreja.

Pega o buquê, segura, arruma o terço e vamo que vamo. Para mim, o terço tinha passado despercebido, mas quando entramos no carro depois da Igreja recebi um elogio na lata: O maridão tinha adorado! Disse que foi a primeira coisa que ele percebeu quando entrei – ele amou. (Já valeu as duas horas de trânsito e o preço. Ahahaha).

É um detalhe bobo, mas hoje tenho uma coisa que é minha, que esteve comigo no momento mais emocionante da minha vida, e que, por mais que seja uma bijuteria (mas isso não signifique que foi barata), é lindo e será passado para a minha filha quando ela casar, e para a minha neta e assim por diante.

Ah, Sim. Tem os brincos de pérola também…Mas estes serão presente da mãe da noiva para ela, assim como o meu foi presente da Mamuska.

Toda mulher solteira conhece a tradição/simpatia: se você quer casar, é só colocar o seu nome na barra do vestido da noiva.

Coisa simples, mas meio complicadinha pra noiva, eu diria. Principalmente quando a noiva sou eu: extremamente planejada e organizada, mas que esquece das coisas simples e importantes (principalmente para as amigas solteiras).

A lista era pequena e eu não podia esquecer de ninguém, muito menos da Maroca (que pediu até pra colocar a data do casório do lado pra garantir, já que ela namora há mais de 10 anos).

Confesso que eu lembrei da lista de pedidos em cima da hora, quando eu estava saindo de casa. Acabou saindo “daquele jeito”: esparadrapo escrito com a bic que não pegava. Grudei o esparadrapo na mão, peguei a caneta, escrevi o que deu (escrevi todos, mas a caneta falhou em partes), colou no vestido e pronto. “Vamo que vamo”.

Mas hoje, vendo o Blog da Bia (Aventuras de uma noiva), vi que a coisa poderia ter sido muito mais bonitinha e planejada! A Bia teve a super ajuda da estilista que fez o vestido dela e ficou sensacional: ela fez um coraçãozinho preso dentro do vestido, com vários corações dentro, cada um com o nome de uma amiga.

Ficou fofo demais que não aguentei e resolvi postar aqui. A idéia é o máximo, e depois ainda cada noiva ganhou seu coraçãozinho! Lindo!!!

Sou apaixonada por tatuagem. Tinha duas antes de casar, e o maridão estava me enrolando há uns dois anos já para fazer a terceira.

A verdade é que eu não sabia muito bem o que eu queria fazer e onde. E quando falamos de tattoo, se você tem alguma dúvida, é melhor não arriscar. Só faça a sua quando você souber exatamente o que quer (quantas pessoas já não vimos nos programas de TV cobrindo uma tattoo antiga?). Eu mesmo tenho uma que me arrependo um tiquinho e quero mudá-la quem-sabe-um-dia.

Mas voltando… Um pouquinho antes do casamento eu descobri o Tinico Rosa. Fui vendo os trabalhos dele no site, no Flickr, e fui me apaixonado. Quando comecei a perceber, várias pessoas que eu conheço que tinhm tattoos lindas, que eu adorava, tinham feito tattoo com ele e muitas outras estavam na fila. Ou seja: eu já tinha achado “o cara”.

A dúvida agora era: fazer antes ou depois do casamento? Isso porque, quando achei “o cara”, decidi junto que a tattoo seria no ombro. Pensei muito, tínhamos tantos gastos com o casório que acabei deixando para depois – mas não tão depois assim.

Casamos em agosto e em outubro eu estava lá na porta do Tinico para fazer a minha tão esperada tattoo. Muita conversa, uma seção de consulta só pra ele ver as referências que eu tinha separado e fazer um esboço no meu corpo, e pronto: a tattoo estava escolhida.

Eu nem preciso falar que amei, né? Na fotinho ela ainda está bem vermelha porque ele tinha acabado de tirar a agulha e limpar quando o maridão tirou, mas tá valendo.


Eu amo ela, olho todo dia e fico muuuuito feliz quando vejo o passarinho escondidinho ali no meio (acho fofo)….Mas tenho que confessar uma coisinha: vira e mexe me pergunto como eu ficaria com a minha tattoo e o vestido de noiva. 😀

Desde o começo, quando eu olhava para as fotos de casamento, eu sabia de algumas coisas: nada de véu, nada de brilhos e nada de cabelo preso (porque o maridão não gosta).

Mas aí a pergunta era: então o que eu coloco? E foi aí que as flores surgiram… Eu não sabia por onde começar, nem onde procurar, mas busquei muitas referências.

Até que cheguei na Isa, que trabalha na Madame Sabrina – aquela bem famosa aqui de SP por causa do Sabrina Chapéus. Marquei um dia com ela e fui brifar minhas flores:”gosto de penas bem delicadinhas, não gosto de brilho, gosto de flor média e pequena, pode ter folha sim. Renda? Eca!!! Mas ok”…Sou a noiva e neste dia eu abri uma exceção.

Recebi dela todas as instruções: não pode molhar, não pode colocar laquê com a flor no cabelo, não pode isso, pode aquilo…ok. Anotei tudo num papelzinho pra não esquecer e entregar pro meu maquiador.

Depois de uns 45 dias as flores estavam prontas, eu tinha prova de cabelo e precisava desesperadamente ir buscá-las. Eu estava ansiosa para ver como elas tinham ficado. Eu estava trabalhandom e era uma quinta feira horrorosa em SP com muita chuva (muita mesmo).

Tamanho meu desespero, procurei todas as empresas de motoboy da região pra ver se alguém tinha um motoboy com aquela caixinha atrás da moto. Como chovia muito, Lady Murphy apareceu de novo e eu fiquei chupando o dedo.

Tive que segurar a ansiedade e pedir pra Mamuska ir buscar pra mim na sexta feira. Quando cheguei em casa na sexta eu parecia uma criança com boneca de porcelana: não queria largar por nada neste mundo e morreeeeeeeeendo de medo de acontecer algo com as flores. Fiquei A-pai-xo-na-da!!!

O resultado deste briefing floral e da paixão foi esse:  🙂

Ps: o maridão aprovou! 😉

Quem sou eu?


aventurasdecasada@gmail.com

Se cadastre para receber as atualizações do blog por email! ;)

Junte-se a 57 outros seguidores