You are currently browsing the tag archive for the ‘diarista’ tag.

Outro dia eu estava no meio de uma reunião quando o celular tocou. Era o maridão e havia um tom de urgência na voz dele, mas falei que ligava de volta depois. Passei a reunião toda matutando o que seria tão importante. Afinal, ele estava de férias em casa e alguma “coisa” poderia ter acontecido. Quando saí da reunião e liguei pra ele, ele estava re-vol-ta-do!

Era uma quinta-feira e estava um calor insuportável em SP. Ele saiu para ir ao dentista, nosso padrinho de casamento Dr André Pincelli (viva o jabá!), e voltou para casa pensando em chegar e tomar uma cerveja gelada. Mas não era só uma cerveja gelada. Era a última cerveja gelada da geladeira.

Na hora que ele começou a contar eu já sabia o que tinha acontecido. Me lembrei de ter visto de manhã que só tinha aquela cerveja ali, sozinha, e que o maridão ia ter que colocar mais se quisesse beber mais do que uma cerveja. Ele foi contando e eu não acreditei. Ele estava furioso! Chegou em casa do dentista, abriu a geladeira e cadê? Cadê a cerveja?

Quinta é o dia que a diarista vai em casa. Ou seja: cerveja!!!! Ela tinha tomado a cerveja do maridão e ele tinha todo o direito de estar revoltado. Mas  a revolta tem quê de indignação. Como ela pode pegar a cerveja? E ainda por cima a última gelada? E ainda não colocar nenhuma no lugar?

 

Ela foi meio burrinha! Tinha cerveja quente e ela nem se deu o trabalho de colocar na geladeira. Se tivesse colocado, talvez ele nem tivesse percebido. Enfim, no próximo dia que ela foi em casa o maridão a chamou para conversar. Eu fiquei quietinha, ouvindo tudo. E não é que a moça ainda falou pra ele: “Tomei sim…Eu estava com vontade, ué”.

Dá pra acreditar?

Anúncios

Pois é, gente…E com isso temos a tarefa mais árdua da vida de casada: achar alguém que te ajude no dia-a-dia e limpe a sua casinha do jeito que você faria se tivesse tempo (e disposição depois do trabalho).

Eu tô há tempos para escrever este post, mas não estou conseguindo. Ainda vou escrever o meu, prometo. Mas pra hoje temos uma super colaboração da Rê, minha amiga. Ela casou uns 2 meses antes de mim e do maridão, com o melhor amigo do maridão, Rodrigo.

Por diversas vezes ficamos sozinhas batendo papo enquanto os dois jogam playstation ou conversam de trabalho. E sempre ficamos futricando da vida de dona-de-casa. Por isso, ninguém melhor pra começar a colaborar no Blog do que ela.

Espero que vocês gostem! E pra vocês saberem quem é quem, fotinho!!!!

Maridão, Rê, Rô e eu!Maridão, Rê, Rô e Eu.

“Uma das tarefas mais árduas de pós-pronta-a-casa é achar alguém que irá limpa-lá e cuidar com o maior carinho tudo o que você escolheu e batalhou tanto pra conseguir.

Na minha terceira tentativa eu finalmente “achei” este alguém, mas antes vou contar um pouco das anteriores…

1º Tentativa

SUPER solicita…Um amorzinho, mas acho que nunca tinha colocado a mão na massa sem a supervisão de alguém. Ela foi uma indicação, mas nesta outra casa ela era faxineira e tinha uma empregada supervisionando tudo. Ela arrumava meu armário que dava gosto, tudo minuciosamente dobrado, separado lindo lindo, mas era só passar a mão em cima da geladeira, no batente, ou atrás de algo que a cena do crime estava logo ali. Ela também não tinha mais com quem deixar as crianças e não poderia mais vir durante a semana, o que me deixou aliviada pois não sabia como pedir para que ela não viesse mais.

2º Tentativa

Tratorzinho e reclamona. Ela limpava minha casa inteira e ainda passava roupa em 1 dia (depois de um mês reparei que a limpeza era só onde meus olhos alcançavam). No primeiro dia chegou falando: “Nossa, o ponto é longe né?!”, no mesmo dia: “Você falou que era só limpar…Eu não gosto de passar”. Bom, já percebi que ela ia pular fora logo mais, só que como foi indicação de alguém muito próximo ela pelo menos não me deixou na mão. Saiu com a desculpa que não tinha com quem deixar os filhos (Se você não tem com quem deixar seus filhos você tem 2 opções: 1 não procure por trabalho, 2: Não os tenha,  se não tem como sustentá-los – OBS: Peguei pesado aqui, mas é o que de veras penso!)

Neste ponto eu já não sabia mais o que fazer, tinha que arrumar a casa depois das 22 ou usar parte boa do meu findi pra fazer isso. Pedi indicação para todos, coloquei mensagem no facebook, mas pelo valor que tinha para oferecer e o quanto exigiria pela pessoa tava difícil.

Eu sou chata também…Acho que a pessoa tem que ficar no mínimo 8 horas no trabalho. Não me fale que alguém limpa tudo em menos tempo só 1 vez por semana.  Se acha que acabou tire as panelas do armário e limpe por dentro, limpe a geladeira, o ferro. Sempre tem algo pra fazer. Agora eu também tenho minhas recompensas, minhas roupas tem destino certo, assim como brindes e afins.

3º Tentativa

Ai apelei para mamãe: Mãe, pelo amor de Deus, deixa a moça-que-trabalha-ai-há-20anos vir uma vez por semana aqui em casa???? Vida resolvida!!!!!! Ela quebra umas coisinhas de vez em quando, mas limpa como NINGUÉM, arrasta tudo, tira tudo do lugar. Hoje mesmo entrei em casa e o sofá estava de pé na parede, tapete encostado do outro lado da sala, pano e aspirador rolando solto. Tudo tão cheiroso. Além de tudo, sei que é uma pessoa batalhadora, que criou os filhos extremamente bem e que confio demais. Sei que ela nunca vai ler isso, mas fica aqui o meu MUITO OBRIGADA por dar conta de uma dor de cabeça e tanto que tinha na minha vida. Importante dizer que tudo o que ela quebra ela compra igual, ou parecido e me devolve. Falo para ela não fazer isso, que eu não fico brava, mas ela é tão correta que diz que eu querendo ou não ela vai trazer.”

Quem sou eu?


aventurasdecasada@gmail.com

Se cadastre para receber as atualizações do blog por email! ;)

Junte-se a 57 outros seguidores